sábado, 4 de maio de 2013

Crocodilando, compartilhando e festejando

Olá! Como estamos de sabadão? Por aqui um calor... eu bem fui dar uma refrescada na praia! A hora que eu sempre vou ainda está tranquilo, fico na minha cadeira só “crocodilando”...
 
 
Quem não gostou muito da minha presença foi a coruja buraqueira. Sentei no meu lugar preferido e ela veio pra cima de mim... tá doido que eu quero briga com coruja! Levantei e fui mais pra frente! Ela deve ter ovos no buraco e, quando é assim, ela fica nervosa e não quer ameaças por perto!
Hoje vou compartilhar com vocês, um texto de Dick Sutphen:
É nossa resistência que causa nosso sofrimento! Quando reconhecemos o que é inalterável paramos de perder energia física e mental tentando modificar o que não pode ser mudado. Não quero dizer que devemos aceitar passivamente a vida... não! Ocorre muitas vezes querermos modificar as pessoas ao nosso redor e, se elas não quiserem mudar, em vão é forçá-las.
Se você tem potencial para modificar algo, vá em frente e mude. Mas reconheça as coisas pelas quais nada pode fazer e pare de perder seu tempo lastimando por causa delas.
Lendo esse texto, me lembrei da Prece da Serenidade: “Senhor, conceda-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as que posso e sabedoria para conhecer a diferença”. Não é fácil não... Eu já fui pior nesse sentido, quando queria uma coisa tinha que ser do jeito que eu queria... aprendi que não pode ser assim, temos que ser maleáveis e aceitar muita coisa.
Daqui a pouco tenho uma festinha pra ir: Clarinha faz 2 anos e vai comemorar! Camila, a mãe, batalhou muito pra realizar o sonho de ser mãe. Correu um risco grande, hipertensa passou muito mal na gravidez, quase pagou com a vida a realização de seu sonho... Clarinha nasceu tão miudinha, deitada no carrinho ela sumia entre as cobertas! Ela é uma fofa! Sempre que vejo ou escuto ela passando aqui na frente, eu desço e dou uma “agarrada” nela que se acaba em gargalhada! É tão gostoso! A bisa diz que, enquanto tiver saúde faz as festinhas dela... E a bisa mesma faz o bolo que é uma delícia. Impossível comer uma fatia só!

 

3 comentários:

✿ chica disse...

Adoro essa prece da serenidade. Lindo texto também. Coisa boa uma festinha com bolo de bisa. Dá um beijo à bisa e à menininha! Adorei te ler no MEME ou TAG, sei lá,rs beijos,chica

Evanir Garcia disse...

Minha Querida.
Linda postagem um exemplo para quem vive queixando da vida esquecendo de agradecer as bençãos recebidas todos os Dias.
Espero que tenha sido uma delicia a festinha.
Feliz final de semana beijos,Evanir.

Ane disse...

Oi Tetê!Aqui continua o calor,mais agora tá mais ameno,hoje por exemplo não choveu,mas tá nublado.
Quanto a sua mensagem,lá no trabalho tem uma criatura que não quer mudar,sabe?Já me irritei tanto com isso!Sabe aquele funcionário preguiçoso e enrolão? Afe!Mas lendo sua mensagem me toquei,se a pessoa não quer mudar eu vou ficar me desgastando pra que,né?Só quero ficar é longe!Beijos e boa semana!