sexta-feira, 10 de maio de 2013

Melhorei e já deu vontade de passear!

Ontem, quando terminei de retribuir as visitas, coloquei spray de própolis na garganta e deitei. Não demorou, lembro que fui com o controle remoto de canal em canal e não vi nada que me agradasse, dormi! Acordei passava um pouco das 17h e me sentindo melhor. Minha mãe fez um caldo verde delicioso, era o remédio que eu estava precisando.
Dormi melhor, acordei mais disposta e fui para o alongamento. Achei melhor não abusar fazendo hidro. O sol estava bem gostoso, quando saí do alongamento, fui até o final do calçadão e vim pra casa. O problema do joelho era mesmo o excesso de caminhada! Já nem preciso mais do Cataflan! Não vou mais abusar!
Hoje é sexta, início do final de semana... pinta aquela vontade enorme de viajar, mudar os ares... enquanto Mô não se aposenta é impossível, então, viajo virtualmente e, convido você a me acompanhar até Conservatória, a “Cidade das Serestas”.

Conservatória fica no Vale do Paraíba, em trecho montanhoso, cercada de fazendas. Pequena e bucólica, é um encanto! De segunda a quinta feira, Conservatória lembra um vilarejo pacato e tranquilo onde nada acontece. A cidade está apenas descansando. A partir do entardecer de sexta, tudo muda... os seresteiros saem às ruas, com seus bandolins, violões, cavaquinhos. Centenas de visitantes chegam para conferir de perto sua arte e poesia e todos ouvem: é a seresta, a maior tradição de Conservatória, um distrito da cidade de Valença com seu encanto todo particular. A sonoridade invade as casas e ruas desse cantinho escondido na serra fluminense a 120km da capital.
Em Conservatória, as casas não tem números. São reconhecidas pelos carteiros por nomes de músicas. Na Rua das Flores, há a casa Chão de Estrelas, a Luar de Paquetá, a Saudosa Maloca... e é assim por toda a cidade.
Mas Conservatória não é só música e arte não... tem cachoeiras e fazendas que podem ser visitadas pelas manhãs. Quando o sol baixa a cidade é só música... a seresta espalha paz, alegria e encantamento e mantêm vivas as chamas do amor!

Eu já tive o prazer de ir lá duas vezes: na primeira vez, fui com o coral da LBA e só passamos o dia; na segunda vez fui em excursão e chegamos na sexta à tarde e ficamos até domingo à tarde. Um final de semana e tanto! Vale a pena!

Coloquei fotos novas no album!
Click nele e veja as fotos maiores e leia as legendas!


Lucinha, não sei o que está acontecendo, mas quando clicko no seu link ele me direciona para "Opromo.com" e eu não consigo te ler...

4 comentários:

☆Lu Cavichioli disse...

Ahhhh, eu quero ir pra essa cidade. Nossa que sonho... Ai Tê, fico aqui imaginando os seresteiros saindo às ruas com suas canções enchendo os corações de amor.

Aiii que lindoooo!
Que bom que está melhorda garganta rsrs.... eu to aqui fazendo de tudo pra melhorar tb!

Feliz dia das mães, flor!
bacios queridona

✿ chica disse...

Essa cidade deve ser linda! E o caldinho de mãe fez melhorar.Ainda bem! Tudo de bom,beijos, chica

O meu pensamento viaja disse...

Deve ser muito lindo.
O mundo está cheiinho de tesouros.
Já sou tua seguidora, querida.
Beijinhos

Ane disse...

Oi Tetê!Menina,vc sempre tem ótimas dicas de passeio,eu gosto de visitar cidades pequenas de interior,a gente se surpreende e a calma é impagável.Melhor da garganta e do joelho?Que bom então.Tenho uma colega assistente social que se aposentou há pouco tempo,ela agora tá na hidroginástica 3 vezes por semana e planeja viajar muito.Eu também sonho com isso,mas falta 15 anos ainda!Kkkk...Beijos!