quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Teia Ambiental e 9dades

Hoje, dia 07, é dia de Teia Ambiental e aqui vai a minha participação:


:: DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DA NATUREZA ::

Os sentimentos de integração, entrelaçamento, unidade e totalidade já quase perdidos pela ação egoísta e individual, têm de ser resgatados com o nosso olhar de cooperação e educação, caminhos para a consciência ecológica. Oferecem, hoje, ao homem uma visão global para que possa agir construindo uma sociedade melhor, baseada nas leis naturais do Universo.

DECLARO QUE:
Todos os seres vivos tenham direito ao ar puro e ao sol como fonte de luz e calor.
A vegetação esteja livre do fogo destruidor.
A fauna e a flora estejam protegidas de produtos químicos que possam afetar seu equilíbrio.
O solo seja protegido contra a erosão e explorado de acordo com as suas potencialidades.
As aves tenham direito de voar, de construir seus ninhos, criar seus filhotes e ter seu alimento natural.
Todas as árvores existentes no Planeta tenham o direito de viver.
Todo animal seja protegido, tendo os mesmos direitos do homem perante a existência, a liberdade e o respeito.
A Natureza não corra o risco de ser destruída pela ação de resíduos radioativos. Como forma viva, seja respeitada e preservada.
As obras de engenharia sejam compatíveis com a Natureza.
A Natureza disponha de locais protegidos para manter exemplares representativos de sua diversidade de formas.
Os recursos naturais sejam utilizados racionalmente.
Todos os seres tenham direito a viver integrados ao seu meio ambiente, dispondo de água em quantidade e qualidade suficientes.

Deus de toda a natureza, Tu nos deste o planeta Terra para o possuirmos em custódia, visando a preservação de todos os seres viventes e o bem de futuras gerações: concede-nos sabedoria e reverência no uso dos recursos da natureza, de forma que se conserve e não destrua o ecossistema frágil, do qual depende a vida na Terra. Amém.
( Conselho Estadual de Política Ambiental do Estado de Minas Gerais, elaborado em 1991)

Que bom seria se todos respeitassem os direitos da natureza! Nem é pedir muito, são coisas que nossa consciência nos pede que façamos... Queremos que respeitem nossos direitos, mas somos incapazes de respeitar os direitos dos outros e da natureza!


Por aqui, o tempo está “luscofusco”, “nem barro nem tijolo” mas pelo menos parou de chover! Ontem, depois do almoço, consegui recolher a roupa do varal e ainda cheirosa. Roupa que fica muito tempo pra secar fica com uma murrinha... Deus me livre!
À tarde fui para a reunião do VP. Ontem foi feriado municipal - aniversário de Araruama, 154 aninhos! Uma jovenzinha, né? Os festejos iniciaram dia 20 de janeiro, dia do padroeiro São Sebastião. O movimento estava todo concentrado na orla do centro. O comércio todo fechado, parecia uma cidade fantasma! rs...rs...rs... No trecho de rodovia que corta o centro da cidade estão preparando as armações que vão receber a decoração do carnaval. Tudo muito em cima esse ano!
Ah... essa última semana, eliminei mais 300g. Uma das participantes eliminou 3kg! Caraca... ela foi metralhada de perguntas... “bebeu bastante água?” “comeu menos carne?” “fez mais atividade física?” Ela não soube explicar... e não tem mesmo explicação, eu já comprovei isso! Nosso organismo é uma caixinha de surpresas!
Hoje eu já caminhei, já lavei a roupa que juntou terça e ontem e já consegui recolher do varal, pois embora não tenho sol explícito, tem mormaço e calor! Mais para o final da tarde, início da noite, dever ter chuva! Não estragando minha caminhada, ela é bem vinda!


4 comentários:

✿ chica disse...

Araruama é linda! Tua participação na TEIA, ótima e que bom que se foram 300gr... beijos,chica

Pepi, Xixo, Juja, Jujuba disse...

Querida Tetê
Recebemos o seu recadinho pela Anne
Esperamos que o probleminha do blog se resolva o mais breve possível
Tenha um ótimo feriado
Um beijinho afetuoso de
Verena e Bichinhos

Juliana Sousa disse...

Não conhecia essa declaração dos direitos da natureza. Perfeito!!!

Araruama deve ser muito linda!!! Quem sabe um dia não conhecerei não é?!

Beijos e obrigada pelo carinho!

Elisa T. Campos disse...

Desculpe-me , Tetê.
Eu sempre sou assim. Demoro para visitar os blogs, mas sempre chego.
Nem conhecia a Declaração dos Direitos da Natureza.
Obrigada por postar. Pelo que vejo você mora num lugar muito privilegiado.

Adorei.
Bjs