segunda-feira, 18 de março de 2013

Segunda Colorida

Hoje, dedico a Segunda Colorida à pintora mais colorida que eu conheço: Tarsila do Amaral, uma das mais importantes pintoras brasileiras do movimento modernista. Suas obras tem como características principais o uso de cores vivas e a abordagem de temas sociais, cotidianos e paisagens do Brasil.


Na adolescência, Tarsila estudou no Colégio Sion, localizado na cidade de São Paulo, porém, completou os estudos numa escola de Barcelona (Espanha). Desde jovem, Tarsila demonstrou muito interesse pelas artes plásticas. Aos 16 anos, pintou seu primeiro quadro. Somente aos 31 anos começou a aprender as técnicas de pintura com Pedro Alexandrino Borges (pintor, professor e decorador).
Em 1920, foi estudar na Academia Julian (escola particular de artes plásticas) na cidade de Paris. Em 1922, participou do Salão Oficial dos Artistas da França, utilizando em suas obras as técnicas do cubismo.
Retornou para o Brasil em 1922, formando o "Grupo dos Cinco" (Anite Malfatti, Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Menotti Del Picchia. Este grupo foi o mais importante da Semana de Arte Moderna de 1922.
Entre as décadas de 1920 e 1930, pintou suas obras de maior importância e que fizeram grande sucesso no mundo das artes.
Tarsila do Amaral faleceu na cidade de São Paulo em 17 de janeiro de 1973. A grandiosidade e importância de seu conjunto artístico a tornou uma das grandes figuras artísticas brasileiras de todos os tempos.

2 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida amiga Tetê
E as cores fortes nos dão energia nesse friozinho...
Bjm de paz e bem

✿ chica disse...

Linda homenagem e dedicatória! Ela e suas cores vão alegrar a semana...

beijos,tudo de bom,chica